Risco baloeiro aumenta em junho; todo avistamento deve ser reportado

Fonte

Durante o período das festas juninas, o risco baloeiro para a aviação cresce muito. O Sindicato Nacional dos Aeronautas mais uma vez pede aos pilotos que façam reportes de todo avistamento de balões no espaço aéreo brasileiro.

Para isso, podem ser usadas as ferramentas do próprio SNA (https://goo.gl/8OSkQv) ou das empresas aéreas (AQD, ASR, Relprev). Também é importante reportar no site do Cenipa (https://goo.gl/EIVhNn).

Desta forma, os aeronautas podem dar subsídios para um mapeamento da incidência da soltura de balões no país, dados que são essenciais para o combate efetivo dessa prática pelas autoridades competentes.

A soltura de balões é crime, e a presença destes artefatos nos céus do país, em especial nos arredores dos aeroportos, pode causar uma grande tragédia aérea.

O SNA vem trabalhando continuamente junto à SAC (Secretaria de Aviação Civil) e a diversas outras autoridades em um grupo que busca soluções para mitigar o risco baloeiro.

Lembramos que, em abril de 2016, a Ifalpa (Federação Internacional das Associações de Pilotos) informou o rebaixamento do espaço aéreo do país para a categoria “Criticamente Deficiente” ―e um dos motivos principais foi justamente o perigo baloeiro.

Reforçamos o pedido para que todos os pilotos reportem todos os avistamentos de balões, afim de ajudar no monitoramento pelas autoridades. Faça sua parte!




BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS