Grupo de trabalho sobre alimentação a bordo na Azul faz sua 1ª reunião

Fonte
  • Menor Pequena Medium Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Seguindo proposta do Ministério Público do Trabalho, o grupo de com representantes do SNA, da Azul Linhas Aéreas e da Anvisa realizou na terça-feira (7) a primeira reunião para tratar da questão da alimentação a bordo na companhia.

A formação do grupo e a realização de reuniões periódicas foram sugeridas pelo MPT para que que sejam identificados eventuais problemas e soluções alternativas até a instalação de fornos elétricos em todas as aeronaves —ou até que haja nova frota com fornos já instalados.

No encontro de terça, foram discutidas questões técnicas relacionadas às normas da Anvisa quanto à fabricação, ao transporte e ao armazenamento dos alimentos, além de comparados os atuais procedimentos da empresa com as previsões da CCT e a da Lei do Aeronauta.

Foi acordado que a Azul vai procurar modelos de hotbox que possuam um termômetro que possibilite a aferição da temperatura sem que a caixa térmica seja aberta, para que não haja perda de temperatura neste momento. A resposta sobre a possibilidade de adquirir essas hotboxes será dada na próxima reunião, que ocorrerá no início de setembro.

Ressaltamos que o SNA e a própria Anvisa já apontaram que a melhor solução para esse impasse é a instalação dos fornos em todas as aeronaves —além da apresentação de um cronograma para esta alteração na atual frota de aeronaves.

Fiquem atentos aos meios de comunicação do SNA para novidades sobre o assunto.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS