A Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) realiza audiência pública sobre a proposta de exclusão da Seção 61.7 (a) do RBAC nº 61, que prevê que qualquer documento individual de habilitação ou certificado expedido pela agência, até a data de publicação da primeira emenda do Regulamento (5 de junho de 2012), terá sua validade garantida até o seu vencimento, não podendo ultrapassar a data de 31 de dezembro de 2017.

A Anac tem previsão de migrar licenças e habilitações para meios digitais em fevereiro de 2018, tornando desnecessária sua emissão impressa a partir dessa data. Portanto, a revogação do dispositivo evitaria despesa desnecessária de recursos tanto por parte da Anac quanto dos regulados.

Contribuições para a audiência pública podem ser encaminhadas à Gerência Técnica de Normas Operacionais e Suporte da Superintendência de Padrões Operacionais por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo., utilizando formulário próprio disponível no site: https://goo.gl/VRPgsG. As sugestões podem ser enviadas até as 18h do dia 23 de outubro de 2017.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas está participando da reunião do Comitê de Análise e Prevenção de Acidentes da Ifalpa (Federação Internacional de Associações de Pilotos de Linhas Aéreas). O evento está sendo realizado em Tóquio, no Japão, entre os dias 13 e 15 de setembro.

Mais de 80 participantes de todo o mundo estão discutindo assuntos relacionado a segurança de voo na reunião.

O SNA está representando por seu diretor de Segurança de Voo, Mateus Ghisleni, e por seu diretor de Relações Internacionais, Marcelo Ceriotti.

Desde o início do ano, o SNA se tornou membro-associado da Ifalpa e representante dos pilotos brasileiros nesta entidade.

A instituição atua interagindo com organizações internacionais e desenvolvendo e promovendo políticas e regulamentações junto à Icao (Organização da Aviação Civil Internacional).

Lembramos também que associados ao SNA têm o direito de se associarem também à Ifalpa sem nenhum custo. Saiba mais em: https://goo.gl/t8CD1E.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas, ao lado de entidades como o Sindag e o Seripa V, continua discutindo soluções para a prevenção de acidentes envolvendo linhas de transmissão na aviação agrícola, além de participar da elaboração de um novo MGSO (Manual de Gerenciamento de Segurança Operacional).

A CPAAA (Comissão de Prevenção de Acidentes em Aviação Agrícola) debateu esses temas em reunião realizada em agosto, durante o Congresso Sindag Mercosul, em Canela (RS). Uma nova reunião deverá acontecer no dia 19 de outubro, em Canoas.

O SNA, representado por seu diretor de Segurança de Voo, Mateus Ghisleni, ficou responsável por analisar a NBR 7.276/2005, que regulamenta a colocação de esferas de sinalização nas linhas de transmissão de energia. A ideia é achar um caminho para aprimorar a norma, exigindo sinalização também sobre lavouras.

Quanto ao MGSO, o objetivo é simplificar o manual, fazendo com que fique adequado às características do setor aeroagrícola —e, ao mesmo tempo, passe a incorporar também preceitos do plano de prevenção de acidentes aeronáuticos do Cenipa.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas firmou nesta terça-feira (11) um ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) para os instrutores de voo do Aeroclube de Carazinho (RS), após aprovação dos termos pelos trabalhadores em assembleia. 

O acordo regulariza a atividade e a relação de trabalho entre os instrutores e aeroclube.

Entre outras coisas, o ACT estabelece:

- Remuneração mínima fixa e adicional por hora;
- Adicional noturno e de periculosidade;
- Diária de alimentação;
- Seguro de vida;
- Limites de jornada de trabalho e de horas de voo;
- Repouso mínimo e garantia mínima de oito folgas mensais;
- Garantia de emprego aos acidentados;
- Custeio de revalidações de CMA e CHT.

O SNA ressalta que continuará trabalhando para a regularização de todos os aeroclubes e escolas de aviação do Brasil.

Lembramos por fim que os aeronautas podem e devem denunciar quaisquer irregularidades por meio do e-mail do Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Contamos com a participação de todos.

Os aeronautas que receberam, por e-mail, o formulário de consulta sobre a proposta de acordo da Rio Linhas Aéreas têm até dia 28 de agosto para enviar suas respostas.

A consulta virtual foi enviada pelo SNA após sugestão do procurador do MPT (Ministério Público do Trabalho) da 9ª Região em audiência realizada no dia 1º de junho, para encerramento da ação de reintegração movida contra a Rio Linhas Aéreas.

O objetivo da pesquisa é garantir que os aeronautas que não puderam comparecer à última AGE manifestem sua vontade a respeito do acordo oferecido pela empresa.

Caso não tenha recebido o formulário, ou queira esclarecer dúvidas, o aeronauta pode enviar um e-mail para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

A 15ª Vara do Trabalho de São Paulo liberou os alvarás para o pagamento de verbas relativas ao FGTS e ao seguro desemprego a tripulantes dispensados pela empresa Colt Linhas Aéreas a partir de dezembro de 2016, após deferimento de pedido feito pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas em ação coletiva contra a empresa.

Aqueles que informaram seus dados ao SNA, conforme solicitado, irão receber os alvarás no endereço de e-mail usado para o contato com o sindicato.

Alguns aeronautas não encaminharam os dados, mas ainda assim o SNA conseguiu que fossem expedidos seus alvarás. Para estes, os alvarás podem ser retirados pessoalmente nas sedes do SNA em São Paulo e no Rio de Janeiro —ou então podem informar um e-mail para recebimento enviando mensagem paraEste endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para o esclarecimento de dúvidas por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

 

Diante de diversos relatos de aeronautas de que funcionários do aeroporto de Congonhas estavam barrando a entrada de tripulantes nas aeronaves com frascos aerossóis, o Sindicato Nacional dos Aeronautas se reuniu nesta terça-feira (4) com a Coordenadoria de Proteção Contra Atos Ilícitos da Infraero para tratar da questão.

O responsável informou que já foi publicado um memorando interno para os funcionários de Congonhas orientando que seja respeitado o disposto na Resolução da Anac nº 207, de 22 de novembro de 2011. Ou seja, é permitida a entrada nas aeronaves com aerossóis, respeitando as regras.

O texto da Resolução da Anac afirma que são proibidos aerossóis e atomizadores “exceto os de uso médico ou asseio pessoal, sem que exceda a quantidade de quatro frascos por pessoa e que o conteúdo, em cada frasco, seja inferior a 300 ml ou 300 g”.

O SNA agradece à Infraero pela solução da questão e solicita aos aeronautas que relatem caso voltem a enfrentar problemas, por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo link http://www.aeronautas.org.br/index.php/denuncia-sna.html.

O Sindicato Nacional dos Aeronautas firmou nesta quarta-feira (21) um ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) para os instrutores de voo do Aeroclube de Blumenau, após aprovação dos termos pelos trabalhadores em assembleia. Este foi o primeiro acordo do tipo celebrado no estado de Santa Catarina.

O acordo regulariza a atividade e a relação de trabalho entre os instrutores e aeroclube.

Entre outras coisas, o ACT estabelece:

- Remuneração mínima fixa e adicional por hora;
- Adicional noturno e de periculosidade;
- Diária de alimentação;
- Seguro de vida;
- Limites de jornada de trabalho e de horas de voo;
- Repouso mínimo e garantia mínima de oito folgas mensais;
- Garantia de emprego aos acidentados;
- Custeio de revalidações de CMA e CHT.

O SNA ressalta que continuará trabalhando para a regularização de todos os aeroclubes e escolas de aviação do Brasil.

Lembramos por fim que os aeronautas podem e devem denunciar quaisquer irregularidades por meio do e-mail do Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Contamos com a participação de todos.

A Sigma Aviation Services vai realizar roadoshow em São Paulo entre os dias 28 e 29 de junho para contratar comandantes de A320 para a empresa chinesa Air Macau.

Para participar da seleção, é necessário se inscrever pelo site http://www.sigmaaviationservices.com/jobs/a320-captain-sao-paulo-roadshow-28-29-june/ ou entrar em contato com Ms. Sarah Barry pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Obs.: O SNA apenas divulga vagas e não tem responsabilidade pelo conteúdo dos anúncios.

A West Air, companhia com base em Chongqing (China), contrata comandantes de A319/320/321.

Os salários chegam a até US$ 24 mil por mês.

Requerimentos básicos:

- 500 hours PIC in the A319/320/321, 3,000 hours total time;
- Age under 55 years old;
- Current on the A319/320/321 (3 take offs and landings within in 3 months).

Para se candidatar, entre em contato pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo site www.chinaaviation.hk.

Obs.: O SNA apenas divulga vagas e não tem responsabilidade sobre seu conteúdo.

Em resposta a pedido feito via ofício pelo Sindicato Nacional dos Aeronautas, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e a Polícia Militar informaram que foi intensificado o patrulhamento nos arredores do aeroporto de Guarulhos para coibir a soltura de balões.

Em nome da categoria, o SNA agradece às autoridades pelos esforços e volta a ressaltar o risco que os balões representam para a aviação. A presença destes artefatos nos céus do país, e em especial nos arredores dos aeroportos, pode causar uma grande tragédia aérea.

Em abril de 2016, a Ifalpa (Federação Internacional das Associações de Pilotos) rebaixou o espaço aéreo do país para a categoria “Criticamente Deficiente” ―e um dos motivos principais foi justamente o perigo baloeiro.

O SNA vem trabalhando continuamente junto à SAC (Secretaria de Aviação Civil) e a diversas outras autoridades em um grupo que busca soluções para mitigar o risco baloeiro.

Mais uma vez, o sindicato pede que os pilotos façam reportes de todo avistamento de balões no espaço aéreo brasileiro. Para isso, podem ser usadas as ferramentas do próprio SNA (https://goo.gl/8OSkQv) ou das empresas aéreas (AQD, ASR, Relprev).

Também é importante reportar no site do Cenipa (https://goo.gl/EIVhNn).

Desta forma, os aeronautas podem dar subsídios para um mapeamento da incidência da soltura de balões no país, dados que são essenciais para o combate efetivo dessa prática pelas autoridades competentes.

SNA promove evento comemorativo no aeroporto de Congonhas na quarta-feira (31), das 10h às 17h.

Serão oferecidos serviços gratuitos como buffet, quick massage, esmaltação e maquiagem.

Participe!

Local: ao lado da Anvisa