A Oman Air, companhia aérea de Omã baseada em Muscat, fará roadshow no Brasil para apresentar a empresa e oportunidades de trabalho para pilotos. O evento será realizado no auditório da sede do SNA, em São Paulo, no dia 25 de fevereiro, às 10h.

As vagas são para pilotos Type Rated/Current no B737NG.

Solicitamos que as inscrições sejam feitas de forma antecipadas, pois as vagas são limitadas. Para fazer a inscrição e saber mais informações, entrar em contato com comandante Raimundo Cardoso por Whatsapp pelo número +96898149943.

O SNA sugere também que aqueles que são casados convidem suas esposas e maridos para participarem do evento, para conhecer mais sobre o país e o esquema de trabalho.

Lembramos que o SNA apenas divulga oportunidades e que não tem responsabilidade sobre as vagas e a seleção.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou na Apple Store

A empresa Azul Linhas informou que, devido a um equívoco no pagamento de diárias de alimentação, alguns tripulantes terão valores debitados de seu pagamento de abril de 2019 para correção.

Segundo a companhia, ocorre que após a entrada em vigor em março de 2018 do dispositivo da lei 13.475/2017 que dispõe sobre a definição de aeroportos como base contratual, houve erro e foram pagos valores a mais aos aeronautas nas bases CNF, SDU e GRU.

O SNA questionou a Azul sobre a possibilidade de realizar o desconto de forma parcelada, de modo a reduzir os impactos aos tripulantes. Porém a companhia decidiu fazer o desconto em parcela única.

A empresa informou que cada tripulante recebeu um e-mail específico com os valores que foram depositados erroneamente à época. O sindicato solicitou que a Azul disponibilizasse previamente o cálculo realizado, todavia a companhia também negou.

Caso haja alguma dúvida quanto ao valor, a Azul pede que o tripulante envie e-mail para diaria.alimentacao@voeazul.com.br.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para eventuais esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..    

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

REUNIÃO

O Presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo estatuto da entidade sindical, convoca todos os instrutores de voo do AEROCLUBE DE BLUMENAU para comparecerem a REUNIÃO, que será realizada no dia 11 de Janeiro de 2019 às 18h00min, no seguinte local: AEROCLUBE DE BLUMENAU localizado na Rua Ernest Kaestner, nº 1255, Bairro Itoupava Central, Blumenau – Santa Catarina, para tratar do seguinte tema: Renovação da proposta de Acordo Coletivo de Trabalho dos instrutores de voo.

Rio de Janeiro, 10 de Janeiro de 2019.

ONDINO DUTRA CAVALHEIRO NETO
Presidente

Nos dias 7 e 8 de janeiro, o SNA de São Paulo vai sediar o roadshow da Spring Airlines para os comandantes de A320 interessados em voar na companhia aérea chinesa.

Serão duas apresentações ao dia, às 10h e às 15h, e os participantes poderão interagir à distância, através de videoconferência, com os proprietários da agência Hiklouds, além de presencialmente com o recrutador.  

Para inscrições e mais informações sobre o evento, envie um email para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Roadshow Spring Airlines
Datas: 7 e 8 de janeiro
Horários: 10h e 15h
Local: SNA São Paulo (Rua Barão de Goiânia, 76, Vila Congonhas)

 

Panfleto roadshow JAN 19

Em assembleia realizada nesta segunda-feira (17), em São Paulo, comissários da Latam se posicionaram contrários ao plano de carreira Decola BR apresentado pela empresa. Os tripulantes também deliberaram por formular uma contraproposta da categoria para tentar dar celeridade à solução do impasse.

Em resumo, a contraproposta reivindica:

1. Multiplicar por 5 a pontuação do bônus senioridade (tempo de empresa);

2. Aplicar N/C (Não Comparecimento) somente após a devida verificação. E, ainda, que o NCJ (Não Comparecimento Justificado) não será computado para fins de pontuação. Bem como que o ATZ (atraso) seja considerado somente quando o efetivo atraso do voo;

3. Não haver dupla punição para o mesmo evento;

4. Limitar, em termos de pontuação, o número de elogios a 3;

5. Não limitar o número de tripulantes nos grupos do Programa Decola BR;

6. Que seja dada transparência sobre quais são as possibilidades, os critérios e os pontos que devem ser atingidos para que os comissários sejam elegíveis a participar de um determinado grupo do Programa Decola BR;

7. Que a antiguidade seja utilizada como critério de desempate;

8. Aumentar o tempo de permanência nas funções e equipamentos para ser elegível para as movimentações, de acordo com o que foi determinado na assembleia.

Fiquem atentos a nossos meios de comunicação para novidades sobre o assunto.

O departamento jurídico do SNA fica à disposição para esclarecimentos pelo telefone (11) 5090-5100 ou pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770

O Tribunal Superior do Trabalho remarcou para a próxima sexta-feira, dia 14 de dezembro, a audiência para que o Sindicato Nacional dos Aeronautas e as empresas aéreas assinem a nova Convenção Coletiva de Trabalho da aviação regular para 2018/2019. Inicialmente, o acordo seria assinado nesta quarta (12).

Lembramos que a atual CCT foi prorrogada até 14/12/18 e que a nova CCT terá efeitos retroativos a 1º de dezembro, que é a data-base da categoria.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770

Em abril de 2017, a categoria dos aeronautas deu uma prova de sua força quando decretou Estado de Greve contra ameaças da Reforma Trabalhista, em especial contra a implementação do modelo de trabalho intermitente.

Como resultado deste alerta e da atuação do SNA junto aos parlamentares em Brasília, a categoria dos aeronautas foi a única em todo o país excetuada no texto da lei da possibilidade de trabalho intermitente ―uma garantia substancial contra a precarização da profissão.

Em artigo publicado no último dia 29 de novembro, o site Jota, referência em publicações jurídicas, relembrou essa importante conquista. Clique no link para ler “Inviabilidade do contrato intermitente para categorias com legislações específicas”: https://bit.ly/2DYF9sG.

O texto lembra o motivo para haver ressalva exclusiva aos aeronautas: “A única categoria que estava realmente mobilizada para pedir a exclusão da possibilidade de contratação intermitente era a dos aeronautas, inclusive com ameaça de greve”. 

O artigo lembra ainda que o relator da Reforma Trabalhista propôs que todas as categorias disciplinadas por legislação específica fossem excepcionadas. Porém somente os aeronautas tiveram sucesso, de acordo com o artigo, devido à mobilização dos pilotos e comissários.

O SNA lembra que, caso não houvesse a exclusão da categoria do trabalho intermitente, haveria a possibilidade de pilotos e comissários serem convocados para trabalhar de forma esporádica e recebendo apenas por trabalho realizado ―o que afetaria inclusive a segurança de voo, já que estes profissionais necessitam do exercício regular da profissão para manter a proficiência.

Mais uma vez, o SNA aproveita para parabenizar a categoria por essa vitória, alcançada graças ao empenho de todos e à união de forças em torno do sindicato. 

Destacamos, por fim, que para avançar na defesa dos pilotos e comissários, para enfrentar as negociações coletivas que virão pela frente, para atuar em Brasília nas diversas legislações que afetam a aviação e a profissão, o SNA precisará cada vez mais de representatividade.

Se você ainda não é associado, associe-se.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770    

O Sindicato Nacional dos Aeronautas está participando, entre os dias 29 de novembro e 1º de  dezembro, da 60ª reunião da diretoria executiva da Ifalpa (Federação Internacional das Associações de Pilotos), que está sendo realizada em Cingapura.

O SNA está representado por seu diretor comandante Osvaldo Neto, que vice-presidente executivo da Ifalpa para a região da América do Sul.

No evento, estão sendo discutidas questões que envolvem os rumos da instituição e estratégias de atuação.    

O Sindicato Nacional dos Aeronautas expressa seu incondicional apoio aos colegas da Aerolíneas Argentinas e da Austral Líneas Aéreas, que na segunda-feira (26) fizeram uma nova paralisação dos serviços aéreos, apoiados pela Apla (Associação de Pilotos de Linhas Aéreas) e pela Uala (União de Aviadores de Linhas Aéreas), além de diversas outras entidades sindicais ligadas ao setor, incluindo pessoal de terra, pedindo o cumprimento de acordos coletivos, especialmente a recomposição dos salários frente à grave crise inflacionária no país.

Antes, já havia sido feita uma paralisação no dia 8 de novembro, que não resultou em nenhuma proposta das empresas e ainda ocasionou a suspenção ilegal e injustificada de 60 pilotos da Aerolíneas Argentinas.

O peso argentino se desvalorizou 55% desde abril deste ano, segundo informações da imprensa. A negociação paritária em vigor para os tripulantes argentinos prevê reajustes de acordo com a inflação, o que não vem acontecendo —a taxa de inflação está atualmente em 30%, com previsão de fechar o ano em até 50%.

Após a paralisação de segunda-feira, houve a promessa patronal de voltar a negociar com a categoria.

Mais uma vez, o SNA se solidariza com os colegas argentinos e declara seu suporte a todas as ações e meios legais utilizados para que busquem garantir seus direitos.    

O Sindicato Nacional dos Aeronautas realizou no último dia 22 de novembro a terceira reunião de negociação com o Sneta (Sindicato Nacional das Empresas de Táxi Aéreo) para a renovação da Convenção Coletiva de trabalho da categoria para 2018/2019. 

Mais uma vez, as empresas não apresentaram uma contraproposta para ser levada aos aeronautas, argumentando que ainda têm dúvidas sobre algumas das reivindicações.

O SNA, por sua vez, respondeu aos questionamentos e solicitou um posicionamento.

O Sneta se comprometeu a apresentar uma proposta de renovação até o dia 28 de novembro, data da próxima assembleia de esclarecimentos e deliberação da categoria sobre os próximos passos na negociação.

Clique para ver o edital de convocação com horários e endereços: https://bit.ly/2zlyohp.

Clique para ver a pauta de reivindicações da categoria: https://bit.ly/2OVQaSd.

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Presidente do Sindicato Nacional dos Aeronautas no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo estatuto desta entidade sindical, nos artigos 22, “a”, 20, §1º, “b”, e 25 caput e §2º e 17, observados os demais requisitos estatutários e legais, como o previsto no artigo 615 da Consolidação das Leis Trabalhistas - CLT, convoca os aeronautas da categoria de Táxi Aéreo, para Assembleia Geral Extraordinária que será realizada no dia 28 de novembro de 2018, às 18:30 horas em primeira convocação e às 19:00 horas em segunda e última convocação nos seguintes locais: São Paulo: Subsede do SNA - R. Barão de Goiânia, 76 - Vila Congonhas, São Paulo - SP, CEP: 04612-020; Jacarepaguá: STS Escola de Aviação Civil – Av. Ayrton Senna, 2541 (Rua F1) – Aeroporto de Jacarepaguá, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ, CEP: 22775-002; Macaé: Hotel Hyatt Place – Av. Atlântica, 1300 – Cavaleiros, Macaé – RJ, CEP: 27920-390; e Belo Horizonte: Quality Hotel Pampulha, Av. Presidente Antonio Carlos, 7456, São Luiz, Belo Horizonte - MG, CEP: 31270-672, para a seguinte ordem do dia: A) Esclarecimentos sobre o andamento da negociação para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho do Táxi Aéreo 2018/2019; B) Avaliação e deliberação sobre propostas para renovação da Convenção Coletiva de Trabalho do Táxi Aéreo 2018/2019, e C) Deliberação para tornar esta AGE permanente.

Rio de Janeiro, 26 de novembro de 2018.

ONDINO DUTRA CAVALHEIRO NETO
Presidente

Em despacho proferido no último 16 de novembro, o SNA conseguiu uma importante vitória na ação coletiva contra a OceanAir (Avianca) pela transferência abusiva de tripulantes da base do Rio de Janeiro para a base de São Paulo, nos anos de 2008 e 2009.

A juíza da 72ª Vara do Trabalho do Rio de Janeiro acatou como procedente petição do SNA e reconheceu que a própria companhia já apresentou uma relação dos funcionários transferidos para a base de São Paulo, em decorrência da extinção da base do Rio. Desta forma, fica incontroversa a transferência destes empregados, não havendo necessidade de comprovação.

Também foram incluídos na ação os aeronautas que juntaram documentos comprovando a transferência de base.

A juíza, no entanto, ainda solicitou à Avianca documentação, como escalas de trabalho, de um outro grupo os aeronautas que não consta da relação inicial, para comprovar se houve ou não transferência destes —e para possível inclusão no processo. O prazo dado foi de cinco dias.

Assim, após cumprida essa determinação, a juíza pedirá a atualização dos cálculos de liquidação, apresentados pelo SNA e acolhidos pelo Juízo, dando início à fase de execução processual.

Fiquem atentos aos meios de comunicação do SNA para novidades sobre o processo e para informações sobre recebimento dos valores devidos.

Em caso de dúvidas, entrem em contato com o departamento jurídico do SNA por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou pelo telefone 11 5090-5100.