SNA expressa apoio a colegas argentinos por paralisação e por garantia de direitos

Fonte
  • Menor Pequena Medium Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O Sindicato Nacional dos Aeronautas expressa seu incondicional apoio aos colegas da Aerolíneas Argentinas e da Austral Líneas Aéreas, que na segunda-feira (26) fizeram uma nova paralisação dos serviços aéreos, apoiados pela Apla (Associação de Pilotos de Linhas Aéreas) e pela Uala (União de Aviadores de Linhas Aéreas), além de diversas outras entidades sindicais ligadas ao setor, incluindo pessoal de terra, pedindo o cumprimento de acordos coletivos, especialmente a recomposição dos salários frente à grave crise inflacionária no país.

Antes, já havia sido feita uma paralisação no dia 8 de novembro, que não resultou em nenhuma proposta das empresas e ainda ocasionou a suspenção ilegal e injustificada de 60 pilotos da Aerolíneas Argentinas.

O peso argentino se desvalorizou 55% desde abril deste ano, segundo informações da imprensa. A negociação paritária em vigor para os tripulantes argentinos prevê reajustes de acordo com a inflação, o que não vem acontecendo —a taxa de inflação está atualmente em 30%, com previsão de fechar o ano em até 50%.

Após a paralisação de segunda-feira, houve a promessa patronal de voltar a negociar com a categoria.

Mais uma vez, o SNA se solidariza com os colegas argentinos e declara seu suporte a todas as ações e meios legais utilizados para que busquem garantir seus direitos.    

BLOG COMMENTS POWERED BY DISQUS