O SNA firmou uma nova parceria com a TotalPass que permite que seus associados contratem planos para usar diferentes academias todos os dias em todo o Brasil.

Com isso, o tripulante tem a possibilidade de treinar em diferentes cidades nas academias Smart Fit e Bio Ritmo por preços especiais.

Além disso, adesões realizadas até dia 4 de outubro terão o primeiro mês grátis!

Saiba mais em: https://bit.ly/2mpnsMq.

Acesse www.totalpass.com.br/cadastro/sna, escolha seu plano e faça seu cadastro.

Melhore sua qualidade de vida!

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store

O SNA disponibilizou a seus associados, conforme informado em comunicado anterior, vagas para o curso de SGSO da Anac, a ser ministrado nas dependências da sede São Paulo do sindicato no período de 14 a 18 de outubro.

Devido ao grande número de interessados no curso, foi necessário utilizar um critério de desempate para seleção dos participantes. Assim, foi dada prioridade àqueles com maior tempo de associação ao SNA.

A lista de associados selecionados pode ser visualizada aqui: https://bit.ly/2lBHJ0O.

O SNA enviará por e-mail um link contendo as instruções necessárias para efetivação da inscrição no curso.

Agradecemos a participação e o interesse de todos.

Em breve traremos novas oportunidades de capacitação aos nossos associados.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store   

A empresa White, de Portugal, abriu processo de contratação de comandantes de ATR como parte de sua estratégia de expansão de longo prazo no mercado europeu.

A companhia oferece auxílio no processo de mudança e possibilidade de mobilidade para as empresas do Grupo TAP (Portugália a TAP), com o qual mantém parceria estratégica.

Interessados devem enviar candidatura para Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Obs. O SNA apenas divulga vagas e não tem responsabilidade sobre as seleções.

EDITAL CONVOCATÓRIO DE ASSEMBLEIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

O Sindicato Nacional dos Aeronautas - SNA, nos termos do seu Estatuto Social, por seu Diretor Presidente, ao final assinado, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo disposto no artigo 27, alínea “a”, combinado com os artigos 20, 21 §4º e §5º, 24, 25 “c ” e parágrafo único, “b”, 30 caput e §2º e 31, §1 º,  todos do referido Estatuto Social e observados os demais requisitos estatutários e legais, convoca os aeronautas associados ao SNA da ABSA AEROLINHAS BRASILEIRAS S.A. (LATAM CARGO), a participarem da Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada no dia 30 de setembro de 2019, às 13:30h, em primeira convocação, e às 14:00h, em segunda e última convocação, no seguinte local: Campinas - Hotel Ramada localizado na Rua Sérgio Fernandes Borges Soares, 1.000 - Distrito Industrial, Campinas – SP, CEP 13054-709 para a seguinte ordem do dia: a) Esclarecimentos sobre a desassociação da ABSA (LATAM CARGO) do Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias – SNEA e sobre a intenção da companhia em negociar um Acordo Coletivo de Trabalho; b) Autorização ao SNA para iniciar negociação do referido Acordo Coletivo de Trabalho.

São Paulo, 27 de setembro de 2019.

Ondino Dutra Cavalheiro Neto
Diretor Presidente

O SNA acaba de fechar uma parceria com a Onsurance, uma companhia norte-americana que oferece uma inovação em serviços de seguros veiculares para seus clientes com a modalidade On Demand, em que o cliente só paga pelo que realmente usa.

Os associados ao SNA têm a vantagem extra de ganhar um bônus de 1.000 minutos na contratação, bastando para isso acessar o link da parceria (https://onsurance.co/aeronautas) e informar o cupom promocional AEROMIL.

Com o seguro On Demand, se você, aeronauta, fica embarcado por vários dias, deixando seu carro parado em um local seguro, você não precisa mais deixar o seu seguro "ligado" o tempo todo.

Você pode ligar e desligar a apólice de seguro de seu veículo na hora em que quiser, gerando uma economia de até 80% em relação aos seguros tradicionais.

Sem contar a facilidade durante a contratação pelo Facebook Messenger, sem necessidade de outros aplicativos.

Para simular sua contratação, acesse https://onsurance.co/aeronautas.

Lembre-se: o bônus é válido somente para aeronautas associados ao SNA.

Aproveite mais esta parceria e torne-se um associado.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store 

Parceria SNA Onsurance

Até o dia 4 de outubro, o SNA participa da 40ª Assembleia da Icao (Organização da Aviação Civil Internacional), que está sendo realizada em Montréal, no Canadá.

O sindicato está representado no evento por sua diretora de Saúde, a comissária Lilia Cavalcanti Silva, por seu diretor de Relações Internacionais, comandante Marcelo Ceriotti, que levam ao congresso a visão, as demandas e as necessidades dos pilotos e comissários brasileiros.

A assembleia serve para estabelecer a política mundial da Icao para o próximo triênio.

Durante as sessões, o programa de trabalho completo da Icao nos campos de cooperação técnica, econômica, jurídica e técnica é revisado em detalhes.

Os resultados são então repassados aos estados membros, a fim de orientar seus trabalhos contínuos e futuros, conforme prescrito no artigo 49 da Convenção sobre Aviação Civil Internacional.

O SNA se reuniu nesta quinta-feira (26) com a direção da Latam para entregar a pauta de reivindicações da categoria para o início das negociações de um ACT (Acordo Coletivo de Trabalho).

A empresa, por sua vez, apresentou cláusulas que pretende negociar, sem prejuízo de novas edições (inclusões e exclusões). Reforçou ainda a garantia de manutenção das cláusulas da atual Convenção Coletiva de Trabalho no futuro ACT para todos os itens que não forem colocados em negociação, conforme compromisso firmado na reunião do dia 19 desse mês.

Na reunião de hoje (26), a Latam ainda não apresentou uma proposta para reajuste das cláusulas econômicas —fará uma análise da reivindicação dos tripulantes.

Entre os principais temas apresentados inicialmente pela empresa como abertos para negociação estão:

- Vale Alimentação;
Não serão computados para efeito de recebimento do vale alimentação as comissões pela venda de serviço de bordo, o adiantamento de férias e parcela referente a 1/3 de férias.

- Normas em caso de redução de força de trabalho;
As empresa apresentou algumas possibilidades de alteração e se colocou à disposição para o debate. Em especial, pretende afastar a possibilidade de aplicação do Tamprev como complementação e suplementação.

- Ampliação das ausências legais;
Previsão de 20 dias de dispensa consecutivos para nascimento de filho.

- Passe Livre;
Abrir para uso nas férias, sem limitação de sete assentos, sem necessidade de uniforme e com uso da cabine de comando para os comissários (necessita reciprocidade das congêneres).

Entre as proposições de cláusulas novas, a Latam colocou para o debate inicial a previsão para realização de voos longos em aeronaves widebody, em ocorrência única mensal, com até 10 dias de jornada, 20 horas de jornada de trabalho, 16 horas de voo, até 4 pousos, sempre sucedido de 4 folgas.

A companhia informou, sem entrar em detalhes, que temas como base virtual, sigla OFF, escala casada, dispensa hotel em pernoite dirigido e transferência de base contratual estão ainda em análise.

Sobre a conversão do modelo de remuneração, informou que pretende apresentar uma proposta no decorrer da negociação.

Além disso, propôs a exclusão de algumas cláusulas da CCT que, segundo seu entendimento, não tem aplicabilidade, tais como: organização do quadro de acesso, comunicação de acidente de trabalho, comissões paritárias e proibição de mão de obra locada, pois está vedada pela lei do aeronauta, entre outras.

Uma nova reunião ficou marcada para o dia 9 de outubro.

Em caso de uma proposta formal, o SNA irá convocar os tripulantes associados para deliberação. Fiquem atentos a nossos meios de comunicação.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store

Em assembleia realizada nesta quarta-feira (25) em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília e Porto Alegre, os tripulantes associados ao SNA da Latam deliberaram por aprovar uma pauta de reivindicações para o início das negociações de um ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) com a companhia.

A reivindicação inclui a manutenção das cláusulas da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), algumas com modificações para atender às necessidades específicas do grupo, e também propõe cláusulas novas.

Nas cláusulas econômicas, foi deliberado pedir reajuste de todos os itens (salários, pisos, seguro, vale alimentação e diárias) pelo INPC acrescido de 2%, exceto nas diárias internacionais, para as quais o pedido de correção é maior.

Nas cláusulas sociais, o pedido é que o ACT mantenha as cláusulas da CCT atual com melhorias nos itens que tratam das madrugadas e limites de operação, do tempo em solo entre etapas de voo e período oposto, entre outras.

Além disso, foram incluídas cláusulas novas, de acordo com sugestões dos pilotos e comissários e com as denúncias e reclamações recorrentes ao sindicato.

As reivindicações novas tratam de temas como folgas, limites de jornada, Decola BR, descanso no widebody, repouso em tripulação simples, composta e revezamento, benefício viagem e outros, todos conforme a realidade da empresa.

O SNA entregará a pauta de reivindicações da categoria à Latam na próxima reunião, agendada para esta quinta-feira (26), e espera que as negociações possam evoluir da melhor forma possível.

Por fim, relembramos que o grupo Latam, apesar da negociação de um ACT específico, também deve participar das assembleias e das negociações já em curso da renovação da CCT da aviação regular.

Fiquem atentos aos nossos meios de comunicação para novidades e para eventuais convocações de assembleias.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store

Os tripulantes da Gol Linhas Aéreas aprovaram nesta terça-feira (24), em assembleia geral extraordinária, as regras para o pagamento da participação nos lucros da companhia relativo a 2019, que será feito da seguinte maneira:

1. Metas Corporativas

Estão atreladas ao resultado da margem de lucro operacional (EBIT) do grupo GLAI, com peso de 80% de um salário.

O resultado da margem EBIT GLAI (Lucro antes de juros e Impostos) consiste no atingimento do resultado igual a 12,8%  no Exercício de 2019 – “GATILHO” –, o que gera pagamento de PPR.

Atingido o percentual 12,8% e cumpridas as metas corporativas da tripulação na sua plenitude, garante-se 40% de 1 salário a título de PPR, podendo-se chegar a até 80% de um salário (valor máximo) se for atingido o percentual de 16% e forem cumpridas as metas corporativas da tripulação na sua plenitude.

Caso o resultado da margem EBIT GLAI seja inferior 12,8% no Exercício de 2019, não será gerado direito ao recebimento de quaisquer valores relacionados com atingimento de metas corporativas, mantendo-se tão somente preservado o pagamento relativo ao atingimento das Metas Específicas de Experiência do Cliente.

Cabe ressaltar que, em caso de haver um acidente de grandes proporções, não haverá pagamento de PPR para toda a companhia.

METAS CORPORATIVAS

1. CASK Ex-Fuel GLA

Trip. Com. = 20%
Trip. Téc. = -

2. CASK Fuel GLA (Ex - Preço Refinaria)

Trip. Com. = -
Trip. Téc. = 25%

3. NPS GOL (Doméstico + Inter)

Trip. Com. = 30%
Trip. Téc. = 25%

4. ICEO (Índice Corporativo de Eficiência Operacional)

Trip. Com. = 25%
Trip. Téc. = 25%

5. NODSO (Total por Grupo)

Trip. Com. = 25%
Trip. Téc. = 25%

Caso o valor mínimo de uma ou mais metas não seja atingido, o respectivo peso não será considerado para fins de definição do valor total.

2. Metas Específicas de Experiência do Cliente

Consistem nos seguintes indicadores trimestrais:

- 1º Lugar na Pesquisa Trimestral dos atributos de atuação direta da linha de frente (Atendimento no Aeroporto e Tripulação);

- 1ª Aérea brasileira nos indicadores de reclamação da plataforma Consumidor.gov.br;

- Atingir a meta de Pontualidade Zero Minuto;

- NPS.

Cada um desses quatro itens equivale a 5% (1,25% por trimestre), somando peso total de 20% de um salário —é importante ressaltar que esses pagamentos não estão atrelados ao atingimento da meta EBIT.

O pagamento, caso seja devido, será feito em uma parcela no mês de abril de 2020.

Acelerador (Tripulantes Técnicos)

Os tripulantes técnicos poderão receber ainda até 30% de um salário em caso de atingimento de duas metas, o IPV (Índice de Performance de Voo) e o percentual de Redução no Consumo de QAV.

Clique para saber mais detalhadamente as regras aprovadas: https://bit.ly/2mUGp9z.

Em breve, a empresa disponibilizará mais informações em seu portal corporativo.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store