SNA pede que BNDES inclua salvaguarda de empregos em socorro a aéreas

Fonte
  • Menor Pequena Medium Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O SNA enviou nesta quarta-feira (15) um ofício ao presidente do BNDES, Gustavo Montezano, em que solicita que o banco inclua medidas para garantia da manutenção do emprego de pilotos e comissários como contrapartida nas negociações de auxílio econômico às empresas aéreas.

O sindicato ressalta no documento que entende a importância e o impacto extremamente positivo que ações do BNDES podem trazer ao mercado de aviação civil neste momento de forte crise, tais como a concessão de empréstimos ou debêntures conversíveis em ações.

No entanto, o SNA destaca também que considera de igual importância a preservação de empregos —e, dessa forma, defende que seja colocado, no escopo da ajuda às empresas aéreas, o compromisso da manutenção dos empregos dos tripulantes.

Assim, uma eventual negociação do BNDES com as companhias aéreas com a previsão de manutenção de empregos servirá como mais um importante instrumento para superação desta crise, à medida que tais profissionais permanecerão ativos no mercado de trabalho.

O banco respondeu ao SNA que entende a necessidade da urgência na análise da solicitação e que já direcionou o pleito para o setor responsável. 

Forneceremos um posicionamento tão logo seja possível.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/sna-associe-se
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: Procurar SNA no Google Play ou na Apple Store