SNA pede que Banco Central impeça Santander de desconto ilegal de consignados

Fonte
  • Menor Pequena Medium Grande Maior
  • Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O SNA enviou oficiou ao Banco Central do Brasil em que pede que sejam coibidos descontos indevidos e ilegais que vêm sendo praticados pelo Banco Santander, relativos a empréstimos consignados de tripulantes.

O desconto acima do limite de 35% dos vencimentos disponíveis viola a lei 10.820/2003, o Código de Processo Civil, decisões judiciais e também um informativo do próprio Banco Central sobre o assunto (https://tinyurl.com/y2n42lyr).

O sindicato aguarda um posicionamento do Banco Central o mais breve possível, assim como a solução para a prática ilegal do Santander.

Em caso de dúvida, entre em contato com o SNA.

Canais de atendimento: https://bit.ly/3breFNZ.

Associe-se ao SNA
Via site: https://tinyurl.com/associe-se-sna
Via Whatsapp: 21 98702-6770
Via app: SNA no Google Play ou Apple Store