Pesquisa de fadiga Saiba como funciona e participe!

17 de janeiro de 2017

No dia 18 de janeiro, às 10h, na sede da Associação Brasileira de Pilotos da Aviação Civil ABRAPAC (Rua Felix de Souza, 181, Vila Congonhas, São Paulo, SP), será realizada a apresentação de uma pesquisa inovadora que está em curso no Brasil: O impacto da fadiga na voz e na fala, e as formas de usar esse fator na mitigação de acidentes e incidentes.

O objetivo é desenvolver um protocolo objetivo para detecção da fadiga humana do tipo central e da sonolência, baseado nos correlatos acústicos de voz, fala e linguagem. O público alvo são pilotos da aviação civil falantes nativos do português brasileiro.

Durante a pesquisa, que já está em curso, os participantes preenchem questionários de índice de fadiga e sonolência e realizam gravação de fala. Todas as informações são sigilosas e é garantida a não identificação do participante.

O evento do dia 18/1 será conduzido pela coordenadora da pesquisa, a professora Carla Vasconcelos, fonoaudióloga docente do curso de especialização em Audiologia da PUC-Minas, doutoranda em Neurociências pela UFMG e perita em análise de conteúdo/vestígios armazenados em arquivos de áudio e vídeo. O comandante Paulo Licati, da Comissão Nacional de Fadiga Humana do CNPAA, também estará presente, assim como representantes do CENIPA.

Os interessados em auxiliar essa importante iniciativa terão mais informações no evento do dia 18/1, na ABRAPAC. Se não puder comparecer, entre em contato: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou WhatsApp (31) 98712-6216.

Mais informações: http://www.pilotopolicial.com.br/pesquisa-de-fadiga-saiba-mais-como-funciona-participe/